Connexions>Conexões

23/11/2009 § 1 Comentário

Estou devendo este post já faz um tempinho, mas agora vai. Desde setembro desse ano, está em exposição no SESC Pompéia, a mostra Connexions>Conexões (de la nouvelle scène graphique | do novo panorama gráfico), que tem como motivo traçar um paralelo entre a produção do design gráfico brasileiro e francês.

A exposição, sob a curadoria de Christele Kirschtetter e Rico Lins, como eu já havia dito no outro post, está cheia de trabalhos inventivos, de alta qualidade e realmente inspiradores. Os designers que tem trabalhos na exposição são: David Poullard, Valence, Fanette Mellier, Frédéric Teschner, Gregoire Romanet, Helmo, Lieux Communs, Mathias Schweizer, Pierre Perronet e Wijntje van Rooijen, Trafik (representando a França); e Arterial, BijaRi, Crimes Tipográficos, Cubículo, Daniel Trench, Elaine Ramos, Grupo Piratininga, Super Uber, noz.art, Ps2 (representando o Brasil). Dos franceses eu não conhecia nenhum e me impressionei com praticamente todos; dos brasileiros eu já conhecia alguns e sabia que não iria me arrepender de ver mais trabalhos!

A montagem da exposição, que não está linear, pode confundir e cansar um pouco, ainda mais por estar num espaço relativamente pequeno. Mas desse “caos” à primeira vista, abrem-se mil possibilidades e, mais importante, a conexão com (e entre) as obras e com o estado contemporâneo, que é o grande foco (da mostra e dos designers/artistas). Ainda sobre a montagem digo que senti um pouco de falta de algumas explicações sobre as obras (algo meio didático, assumo), embora isso possa ser respondido pelo sentido da interpretação e participação individual de cada um.

Existem sim textos interessantíssimos sobre cada designer (ou dupla, ou coletivo etc), que num esquema pergunta-e-resposta, evidenciam, exploram e determina as razões e os motivos de cada qual, porém como são muitos textos, e eles não são curtos, esse artifício acaba tornando-se deveras cansativo, muito embora interessante. Uma pena que esses textos não estão disponíveis no folheto, onde poderíamos ler com mais calma e de modo mais confortável.

Enfim, em resumo é isso que posso dizer. Não vou explorar muito as obras em si, porque a graça mesmo é ir e se “espantar”. Aproveitem que essa é a última semana da exposição! Quem for, vai ver que está muito legal e muito inspiradora, principalmente se você está se sentindo meio perdido e sem rumo (meu caso), e se você foi, deixe a sua opinião (concordando ou não com o que escrevi aqui)! =)

Para ver mais fotos, clique aqui!

_
Connexions>Conexões
Onde: SESC Pompéia | Rua Clélia, 93 – São Paulo
Até 21/11/2009
Terça a sábado, das 10h às 21h | Domingos e feriados, das 10h às 20h

p.s.: pra finalizar eu PRECISO falar sobre esse folheto. Como vocês podem ver na foto, ele tinha “desmontado”, aí você destacava um, dobrava (seguindo as instruções) e montava! uma coisa linda! fiquei fã!

p.s.2: destaque para o modelo da foto, o querido Iberê!

Quem nunca foi feliz?

20/11/2009 § Deixe um comentário

Eu já fui bem feliz, mas a sorte era que eu sabia. Disso, eu não posso reclamar.

(mais um pôr-do-sol na região da Radial Leste, aqui, na plataforma de embarque do Metrô Belém)

Where Am I?

You are currently viewing the archives for Novembro, 2009 at interessa?.