Quatro anos de samba

22/02/2012 § 1 Comentário

Há quatro anos estava eu revirando alguns CDs velhos em casa e escutando alguns LPs na casa da minha tia: foi o começo da minha “volta ao samba”. Depois de um bom período, me deu a vontade súbita de escutar novamente coisas que eu gostava quando era menor. Desde então não parei mais e hoje relembro um pouco de tudo isso.

Eu pensei em várias palavras e frases empoladas e dramáticas para este texto, mas quero me distanciar disso, na medida do possível, pois sinto que elas diminuem o que eu realmente gostaria de expressar.

Voltar a escutar samba foi muito bom, foi muito importante e não foi simplesmente uma coisa banal. Coincidiu e deu força a um próprio movimento da minha vida, de resgate, um resgate sobre quem eu era / sou. Sei lá, é muito difícil explicar com palavras neste momento, muito pois é a primeira vez que eu paro especificamente para pensar e escrever sobre isso.

De qualquer forma, essa volta foi como voltar a raiz. Não sei bem que raiz ou que tradição inventada é essa [e aqui eu estou usando palavras fortes, dramáticas e explosivas para tentar expor algo que não sei bem o que é], mas, em outras palavras, esse retorno à fonte foi um indicativo de uma mudança de visão de mundo que eu tinha, foi a pista mais visível do meu interesse, gosto e preocupação com elementos da nossa cultura nacional [ainda que eu saiba, vejam bem, que o não é samba o elemento único ou da gênese da cultura brasileira, apenas pontuo como um dos caminhos que nos podem levar a esta investigação – e aquele que eu escolhi neste momento]. Enfim, o fato é que depois de voltar a escutar samba eu comecei a pensar nessas coisas e desse modo, o que me leva, invariavelmente, a pensar que essa retomada, essa volta, foi essencial para que hoje eu esteja aqui [fisica e virtualmente falando].

E penso que apenas hoje, depois destes anos, seja possível fazer essa retrospectiva pois sinto que estou atingindo uma certa “maturidade” no samba. O que quero dizer é que agora estou ampliando o espectro do que eu ouvia, procurando coisas que eu ainda nõ ouvia, escutando novamente músicas que eu anteriormente não gostava, tentando rever alguns preconceitos e, principalmente, com vontade de participar mais, de ir aos lugares, às rodas, aos blocos, aonda quer que seja. Agora chegou o momento de sair pelas ruas, não apenas ficar gostando e curtindo samba dentro de casa ou no meu iPod.

Enfim, este, como vocês podem ler, é um post de introdução. Nas próximas semanas e meses, pretendo colocar aqui algumas playlists me debruçando por essa breve história, destes quatro anos. A história em si é um tanto conturbada e alguns fatos já estão meio apagados da minha memória, mas de pouco a pouco tentarei retomá-la.

Agora é deixar o samba passar. :)

Anúncios

Tagged: , , , , , , , ,

§ One Response to Quatro anos de samba

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Quatro anos de samba at interessa?.

meta

%d bloggers like this: